Aldeia da serra da Lousã torna-se 100% autónoma da rede pública de energia

Aldeia da serra da Lousã torna-se 100% autónoma da rede pública de energia

A Trilhos Energéticos instala sistema inovador permitindo que uma Aldeia Serrana da Lousã se torne independente da rede eléctrica.

A Trilhos Energéticos instalou recentemente um Sistema Solar Fotovoltaico Autónomo composto por 24 kW de inversão (equivalente a uma potência contratada de 24kVA e instalação trifásica de 8000W cada inversor), 24 módulos solares de 280Wp (7200W de potência máxima) e acumulação da energia produzida em excesso dos 24 módulos em baterias 2V com 34kWh de acumulação.

Esta instalação permite alimentar 6 habitações numa Aldeia Serrana da Lousã (Coimbra) possibilitando o controlo remoto (web, android e iOS) com a monitorização da produção fotovoltaica, tendo acesso online aos consumos energéticos das habitações, carga das baterias e a manutenção remota dos equipamentos.


Autoconsumo Fotovoltaico

Um sistema fotovoltaico para autoconsumo parte da premissa da obrigatoriedade de consumos durante as horas solares (produção do sistema fotovoltaico). Em ambiente residencial, na grande maioria das situações, os consumos são realizados de manhã e ao fim da tarde; ou seja, em contra-ciclo com a produção fotovoltaica.

Desta forma é necessário ter em consideração:
• A curva de consumo durante o período diurno;
• A eventual utilização de um sistema com baterias.

A avaliação da curva de consumo diurno irá permitir-nos definir, com exactidão, a dimensão do sistema fotovoltaico indicado ao caso específico.

Após se efectuar essa avaliação nas instalações em causa, constatou-se que o consumo diurno é insignificante e que os consumos são concentrados em horários ditos “fora da produção do sistema fotovoltaico”, por este motivo foi aconselhado ao cliente a instalação de baterias. Estas irão permitir armazenar energia eléctrica durante o dia para consumo posterior.
A utilização de sistemas com baterias tornará estas habitações totalmente independente do ponto de vista da energia eléctrica.


Sistema autónomo

Como vimos anteriormente os sistemas autónomos necessitam de acumular energia, visto que tem de ser compensado as diferenças existentes entre a produção de energia e a sua procura. Um sistema autónomo típico é composto pelos seguintes componentes: módulos fotovoltaico, regulador de carga, acumulador (baterias) e inversor. Na figura seguinte, pode-se observar um esquema exemplo de um sistema solar fotovoltaico autónomo.


 

Necessita de mais informações ou ajuda no dimensionamento adequado às suas necessidades. Contacte-nos!

  Visite a loja online!

Autor

administrator