Unidades de produção para autoconsumo isentas de taxas até 30kW

Unidades de produção para autoconsumo isentas de taxas até 30kW

Foi aprovada, pelo Parlamento Europeu, a nova Diretiva das Energias Renováveis (RED II). O acordo obriga a que, até 2023, 32% da energia na UE seja gerada através de energias renováveis.

Esta nova directiva prevê a isenção de taxas e encargos para pequenas instalações de autoconsumo (até 30 kW) e a possibilidade de as comunidades produzirem, armazenarem e venderem o excesso de produção. Além disso,  impede que os Estados Membros façam alterações retroativas às regras que existiam quando os investimentos em energias renováveis foram feitos, o que aumenta a confiança dos investidores no setor da eletricidade renovável europeu.

Cada Estado-Membro terá de elaborar um Plano Nacional de Energia e Clima (PNEC), que incluirá as metas nacionais, os contributos, as estratégias e as medidas para cada uma das cinco dimensões da União da Energia: descarbonização, eficiência energética, segurança energética, mercado interno da energia e investigação, inovação e competitividade.

De um modo geral, a aprovação da RED II irá permitir a redução da fatura energética da UE através da redução da importação de combustíveis fósseis (que atualmente é de mais de mil milhões de euros diários) e a promoção da indústria e do emprego europeus.

Em Portugal

A utilização de energias renováveis tem tido um crescimento elevado nos últimos anos. Este crescimento tem-se verificado em centros produtores como parques eólicos, barragens e aproveitamentos hidroelétricos e, num contexto mais recente, as centrais solares fotovoltaicas.

Estando neste momento a ser definido o Plano Nacional de Energia e Clima (PNEC), instrumento que vai definir as metas e objetivos nacionais para a política energética e climática na próxima década, Jorge Seguro Sanches, secretário de Estado da Energia, aponta para Portugaluma meta de 35% até 2030, defendendo que estes valores devam ser vinculativos e firmes e não apenas indicativos.

Aposte nas energias renováveis e ajude a alcançar a meta proposta! Além de obter benefícios financeiros, ainda contribui para um ambiente mais saudável!

Para mais informações: http://trilhosenergeticos.pt/contactos/

Autor

administrator

Leave a Reply

English EN Português PT Español ES