Inversor Híbrido ou Inversor Carregador? Saiba as diferenças!

Inversor Híbrido ou Inversor Carregador? Saiba as diferenças!

As soluções de autoconsumo apresentam diferentes opções de modo a que possam ser adaptadas às necessidades e preferências de cada pessoa.

Nesta notícia irão ser destacadas as soluções de autoconsumo com baterias, para as quais é essencial a existência de painéis fotovoltaicos, um inversor e baterias, e principalmente irão ser desmistificadas as diferenças entre os inversores on-grid ou híbridos e os inversores off-grid ou carregadores.

  • Os inversores on-grid permitem a gestão das diferentes fontes de energia, podendo alimentar os consumos eléctricos através da energia produzida nos painéis, armazenada nas baterias e/ou da rede eléctrica de suporte. Através desta gestão estes inversores conseguem uma optimização e um máximo aproveitamento da energia solar ao mesmo tempo que permitem economizar a energia que provém da rede pública e a carga e descarga das baterias. Numa instalação com este tipo de inversores, quando a carga é superior à energia solar gerada, há um fornecimento simultâneo através da instalação e da rede pública. Nesta situação, em que o fornecimento provém da instalação e da rede pública, o da rede é apenas e só a energia restante para cobrir o consumo. Para além de todas estas mais-valias, os inversores on-grid permitem, em caso de falha de energia trabalhar em ilha fornecendo a energia da instalação solar directamente ao consumo.
  • Os inversores off-grid permitem, a semelhança dos híbridos, a gestão das fontes de energia mas não permitem a ligação à rede pública para suporte da instalação de autoconsumo. Esta torna-se então a principal diferença entre estes dois tipos de inversores.

 

Principais diferenças aplicadas em casos específicos

  • A energia solar é superior ao consumo

Comportamento dos inversores quando energia solar é superior ao consumo

 

 

 

 

 

 

 

 
  • O consumo é superior à energia gerada

Comportamento dos inversores quando consumo é superior à energia gerada

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Não existe consumo e a bateria está carregada

Comportamento dos inversores quando Não existe consumo e a bateria está carregada

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Não há geração nos painéis e o consumo é maior do que a energia fornecida pelas baterias

Comportamento dos inversores quando Não há geração nos painéis e o consumo é maior do que a energia fornecida pelas baterias

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Não há geração nos painéis e o consumo é inferior à energia fornecida pelas baterias

Comportamento dos inversores quando Não há geração nos painéis e o consumo é inferior à energia fornecida pelas baterias

 

 

 

 

 

 

 

 

Considerações finais:

Após a análise do comportamento de cada inversor nos diferentes situações, pode-se concluir que apesar do inversor off-grid se apresentar como uma solução mais económica, o inversor on-grid é uma solução que a longo prazo se torna mais vantajosa e rentável, pois ao mesmo tempo que evita o desperdício da energia que é gerada nos painéis solares gera lucros pela venda dessa energia à rede.

 

Esquema de Sistema híbrido com módulos, inversor, baterias e rede pública de energia

Sistema Híbrido

 

Esquema de Sistema Isolado apenas com módulos e inversor

Inversor Carregador

Necessita de mais informações ou ajuda no dimensionamento adequado às suas necessidades. Contacte-nos!

  Visite a loja online!

Autor

administrator