Painéis Fotovoltaicos low cost? O que ter em conta antes de comprar.

Painéis Fotovoltaicos low cost? O que ter em conta antes de comprar.

O mercado da energia solar fotovoltaica está novamente com bastante crescimento, isto deve-se à publicação nos finais de 2014 do Decreto Lei que regulamenta as instalações fotovoltaicas em regime de autoconsumo. Após a publicação do DL 153/2014 têm surgido muitas empresas a instalar sistemas fotovoltaicos para próprio consumo. Com o aparecimento de novas empresas instaladoras, por vezes aparecem também algumas em que qualidade dos materiais aplicados e instalação executada é deixada um pouco de parte, tendo como seu único foco o preço final apresentado ao cliente.

Nesse sentido apresentamos de seguida alguns aspectos a ter em conta quando estamos a analisar duas propostas concorrentes.

Quando se está a analisar duas propostas concorrentes com o mesmo número de equipamentos em que uma é bastante mais baixa economicamente que a outra, um dos pontos onde pode estar a grande diferença esta na qualidade dos painéis fotovoltaicos.

Nesse sentido, vamos analisar de seguida quais os pontos a ter em conta na escolha de módulos fotovoltaicos.

# 1 – Se comprar um painel solar mais barato será que ele vai funcionar correctamente?

Bem, a resposta não é simples, talvez sim e talvez não. Desenvolvemos um pouco para entender:

Painéis solares de baixo custo existem muitos no mercado, mas entre todos, muito poucos são de qualidade suficiente.

Nesse sentido devemos considerar os seguintes aspecto fundamentais:

Um painel solar deve ser construído para durar no mínimo 25 anos. Pelo menos é o que está estipulado na garantia padrão de quase todas as marcas existentes no mercado, mas, na verdade, um painel solar pode produzir energia até 40 anos sem problemas, desde que a sua qualidade construtiva assim o permita.

A cada ano que passa, um painel solar padrão geralmente tem uma perda rendimento em torno dos 0,7%, ou seja, depois de 25 anos estariá a produzir 17% menos do que quando era novo.

No entanto, não se pode esquecer que um painel solar está exposto à intempérie todos os dias durante a sua vida, isto é, exposto ao tempo (sol, chuva, neve, granizo …) no mínimo durante 25 anos.

# 2 – O que acontece com a garantia de um painel solar?

Esta é provavelmente a grande questão e a razão pela qual se deve pensar com muito cuidado em que painel fotovoltaico é que se vai investir o seu dinheiro.

Como mencionado em #1, um painel vai funcionar no mínimo 25 anos e em condições climatéricas adversas. É importante que o fabricante escolhido tenha boas referências e bastantes anos no sector, pois caso seja necessário activar a garantia, devemos tentar minimizar as hipóteses de encontra o fabricante.

# 3 – Quais as avarias que poderão surgir num painel solar barato?

Os problemas são diversos, mas os mais comuns são:

– Aparecimento de hot spots, ou “hotspots” ou pontos quentes devido à baixa qualidade da célula solar, tendo como consequência a médio prazo, a destruição do painel solar.

– Destruição do Filme de Tedlar® do painel solar (parte de trás do painel solar) devido a um ponto quente. Também isto faz com que o painel solar acabe inutilizado.

– Delaminação das células do painel solar. Este defeito é provocado no momento da produção do painel fotovoltaico, ficando este inutilizável passado algum tempo. Isto acontece com muita frequência com fabricantes asiáticos de média-baixa qualidade. O processo de laminação do painel requer um bom tempo de espera e em muitos casos esses fabricantes tendem a encurtá-lo para aumentar assim a produção, causando problemas funcionamento que mais tarde.

– Amarelecimento da EVA. Este defeito é muito comum em painéis fotovoltaicos baratos de Asiático. O EVA utilizado nestes casos é de muito má qualidade o que provoca uma perda de produção do painel solar com o passar do tempo.

– Soldas defeituosas. Por vezes acontece que durante o processo de soldadura do painel ocorrer variações de temperaturas de soldagem, e até mesmo a falta de estanho durante a soldadura, isto provoca o aparecimento de um ponto quente e consequente falha do painel, levando a sua inutilização.

– Outros  defeitos...

Legenda: (a) módulo com delaminação, (b) módulo com bolhas de ar, (c) célula partida
detetado por eletroluminescência e (d) módulo com vidro partido.

# 4 – Conclusão:

Existem muitos fabricantes no sector com painéis solares de alta qualidade, como por exemplo, SolarWorld, SunPower, SHARP, REC, LG, Panasonic, etc…, nesse sentido apenas tem que encontrar aquele que melhor se adapte ao seu projecto fotovoltaico e à sua disponibilidade financeira.

 

Necessita de mais informações ou ajuda no dimensionamento adequado às suas necessidades. Contacte-nos!

  Visite a loja online!

Autor

administrator

English EN Português PT Español ES