Conheça as Vantagens e Desvantagens do Autoconsumo com Baterias.

Os sistemas de autoconsumo fotovoltaico possibilitam a produção de energia para consumo próprio, através da energia solar. No entanto, quando a fonte principal de energia é escassa ou não existe, é necessário recorrer a outros meios para obter energia elétrica (rede pública ou baterias).

De uma forma geral, as baterias servem para armazenar o excedente de energia, ou seja, para acumular a energia que é produzida nos módulos fotovoltaicos e não é consumida pelos equipamentos. Assim poderá ser utilizada mais tarde, nos períodos em que os painéis fotovoltaicos não estão a produzir energia, como é o caso das noites.

Quando se pensa em instalar um sistema de autoconsumo fotovoltaico, é necessário decidir se terá ou não baterias. Por isso, e para ajudar nessa decisão, será feita uma pequena apresentação das vantagens e desvantagens destes equipamentos. 

 

Compensa investir em baterias?

Com a utilização de baterias, poderá maximizar a utilização de energia produzida pelo seu sistema fotovoltaico. Isto porque durante os picos de produção, nem toda a energia produzida é necessária para os consumos domésticos, no entanto, com a utilização de baterias, a energia excedente em vez de ser depositada na rede, será acumulada consumir em alturas de menor produção.

Atualmente não compensa enviar a energia excedente para a rede elétrica. Posto isto, outra solução será armazená-la para consumir mais tarde. Porém, antes de optar por esta solução, o ideal é ver o custo-benefício de investir nas baterias. Assim saberá se vale a pena o investimento.

Na imagem seguinte, poderá analisar a relação entre a produção e o consumo de energia – tanto o consumo de energia instantâneo como o consumo de energia armazenada.

Produção Vs Consumo de sistema solar fotovoltaico com baterias

                                                    Produção Vs Consumo de sistema solar fotovoltaico com baterias

 

Vantagens da utilização de baterias

É importante ter em conta que as vantagens dependem do tipo de sistema instalado – ligado à rede pública ou isolado. No entanto, são inúmeras as vantagens da utilização de baterias em sistemas de autoconsumo fotovoltaico:

Servem de Apoio: 

  • Se o sistema solar fotovoltaico estiver ligado à rede e não possuir baterias, toda a energia excedente será enviada para a rede. Logo, parte da eletricidade é “deitada fora”. Com o uso de baterias isso não acontece. A eletricidade acumulada durante o dia poderá ser usada durante a noite, ou durante alturas em que a produção não consiga corresponder aos consumos.

  Aumentam a Independência Energética:

  • A maioria das pessoas, consome mais energia à noite porque é quando estão mais tempo em casa. Sendo assim, para não depender exclusivamente da rede elétrica, é possível armazenar a energia produzida durante o dia para utilizar mais tarde. 
  • Além disso, o desenvolvimento das baterias tem vindo a garantir cada vez mais uma maior capacidade de armazenamento. Existindo mesmo baterias que nos permitem autoconsumo durante vários dias.
  • Outra vantagem é que a fatura de energia reduzirá, uma vez que será consumida menos eletricidade vinda da rede pública.

Reduzem a Pegada Ecológica:

  •  Os combustíveis fósseis são a principal fonte de eletricidade. Ao recorrer ao autoconsumo fotovoltaico e optar pelo uso de baterias, consumirá maioritariamente energia limpa proveniente de um fonte renovável, reduzindo assim as emissões de dióxido de carbono.

Fazem Parte da Rede Elétrica Inteligente: 

  • Ao optar por baterias solares, passa a fazer parte da inovação, da rede elétrica inteligente, na qual conseguimos ter mais informação e ser mais eficientes. Além disso, possuir baterias permite armazenar energia para si, mas também gerar e distribuir energia limpa para a rede.

 

Desvantagens da utilização de baterias

Apesar das várias vantagens apresentadas, o investimento em baterias para os sistemas de autoconsumo fotovoltaico, também têm algumas desvantagens que serão enumeradas de seguida:

Custo: 

  • A tecnologia das baterias solares ainda está em desenvolvimento, para que consigam garantir maiores capacidades de armazenamento e maior fiabilidade. Por isso, o seu preço ainda é um pouco elevado.
  • É importante referir que os custos têm vindo a descer significativamente, e todos os meses há novidades neste campo. 

Complexidade na Instalação do Sistema: 

  • A instalação de um sistema de autoconsumo fotovoltaico com baterias tem maior complexidade. Mais coisas podem correr mal, desde o design, à instalação e ao próprio funcionamento das baterias. 
  • Desta forma, é fundamental que durante a sua implementação, o sistema seja corretamente dimensionado para as necessidades do consumidor, tal como as demais instalações a fazer (cabos, interruptores, dispositivos, etc.).

Mais Manutenção: 

  • Ao adicionar baterias a um sistema de autoconsumo será necessário aumentar a manutenção do mesmo, dependendo do tipo de baterias instaladas. 
  • Se pensarmos em baterias de ciclo profundo seladas de chumbo-ácido, os níveis de água têm de ser verificados periodicamente, e os terminais mantidos limpos. Além de que tem de ser água destilada e não água da torneira! Os químicos das baterias são perigosos e corrosivos, logo há que ter cuidados aquando da manutenção.  Se pensarmos em baterias iões de lítio, estas sim, são mais simples de manter, logo não será necessária tanta manutenção.

Tempo Útil de Vida: 

  • Há que considerar que durante o tempo útil de vida de um sistema fotovoltaico (20-25 anos), poderá ter que substituir as baterias. 
  • As baterias seladas chumbo-ácido só podem ser descarregadas até 50% da sua capacidade, mais do que isso, reduz o tempo útil de vida das baterias. Enquanto as baterias de iões de lítio podem ser descarregadas até 80%!

 

Fonte: https://www.portal-energia.com

 

Conheça os Sistemas de Autoconsumo com Baterias de Lítio que temos disponíveis para si!

Ver Mais

 

Autor

Trilhos Energéticos administrator

Leave a Reply